Você é produto da evolução de um macaco ou de um desenho inteligente ?

cultura

 
 

Design inteligente

 

 

Assistindo ao vídeo que indico ao final, refleti que toda a polêmica suscitada sobre o Design Inteligente não existiria se não houvessem criado religiões na antiguidade. O DI seria hoje uma ciência que nos explicaria cientificamente a criação do Universo (não essa teoria furada do Big Bang) e dos seres vivos.

Vamos, primeiramente, explicar sucintamente o que é o DI para aqueles que desconhecem.

Certas características do universo e dos seres vivos são mais bem explicadas por uma causa inteligente, e não por um processo não-direcionado como a seleção natural“. (Discovery Institute)

Alguns biólogos evolucionários concordam que a mutação e a seleção natural não respondem sozinhos pela complexidade da vida, contudo é uma minoria de mentes abertas. A maioria defende com unhas e dentes a teoria Darwinista.

William Dembski elaborou o que, para ele, é um método infalível para detectar design. Esse método é um processo de eliminação que faz três perguntas sobre tudo que é encontrado na natureza:

– há uma lei que o explica?

– o acaso o explica?

– o design o explica?

A resposta da comunidade científica à abordagem dos três argumentos de Dembski para identificar design é quase a mesma resposta ao argumento da complexidade especificada. A maioria dos cientistas observa que ele não é, na verdade, um teste positivo para design, mas sim um teste negativo para eliminar o acaso e a necessidade. O processo de eliminação não pode levar a nenhuma conclusão definitiva no mundo da ciência.

De modo geral, a objeção mais significativa da comunidade científica ao design inteligente como teoria científica é que ele não é empírico. Os cientistas não podem testar, nem contestar, a presença do design. Os cientistas alegam que, por sua natureza, o design inteligente não é um argumento científico, mas sim filosófico.” ((http://pessoas.hsw.uol.com.br/design-inteligente1.htm )

Quem está com a razão? Do meu leigo modo de ver: ambos – até certo ponto.

Parece que a teoria do DI vem desde 1984, mas somente agora alcançou visibilidade. Nos Estados Unidos já causou muita celeuma e inclusive demissões de importantes acadêmicos, como Rchard Von Sternberg que foi forçado a demitir-se do Smithsonian Institute porque publicou um artigo de outro cientista apoiador do Design Inteligente. E, se assistirem ao vídeo, verão que há muitos outros.

O vídeo/documentário é apresentado por Ben Stein (escritor e comentarista político e econômico estadunidense) e sua preocupação ao realizar o documentário deveu-se ao seu temor de que a liberdade de expressão e posicionamento esteja em risco de extinção. Com efeito, se cientistas e acadêmicos não podem manifestar uma opinião contrária à do “stablisment” (teoria Darwinista) sem perder seus empregos, estamos enfrentando o que Ben Stein chama de “Gulag intelectual”.

Nos USA a discussão é acirrada porque os evolucionistas dizem que os seguidores do DI querem, na realidade, que a mesma seja ensinada junto com a evolução em aulas de ciências nas escolas públicas e dizem que o DI nada mais é do que criacionismo sob nova roupagem pseudocientífica.

Além disso, há alegações generalizadas de que a maioria do dinheiro do Instituto Discovery (principal responsável pela divulgação do DI) vem de indivíduos e organizações fundamentalistas cristãs, sobretudo os milhões de dólares doados pelo filantropo Howard Ahmanson, um cristão evangélico.” (http://pessoas.hsw.uol.com.br/design-inteligente1.htm)

Está, portanto, declarada a guerra entre ateísmo e religião. O x da questão é que os evolucionistas ateus se baseiam na bíblia para externar seu repúdio ao criacionismo; no que concordo com eles, pois a bíblia conta histórias absolutamente inverossímeis.

Se não houvessem religiões e a bíblia, o DI já seria aceito há muito tempo, os cientistas teriam prestado mais atenção ao que a natureza nos diz sem o entrave do preconceito. Veja o que diz o post O que é um pseudocético.

Eu acredito na capacidade da ciência de nos revelar o mundo em que vivemos, mas não consigo aceitar cientistas preconceituosos e travados em suas posições pétreas. Isso só atrasa o desenvolvimento da ciência e o conhecimento humano. Não sou bióloga, mas do que li nos argumentos dos seguidores do Design Inteligente, muita coisa faz todo o sentido e as contra-argumentações dos evolucionistas vêm carregadas de repúdio sem oferecer uma explicação mais adequada por falta de pesquisa a respeito. Ou seja, é um assunto que necessita de mais pesquisa, o que não acontecerá se os cientistas fincarem pé em suas posições já estabelecidas.

Esta é uma característica dos cientistas e acadêmicos em geral de todas as áreas do conhecimento humano, colocarem num pedestal intocável suas teorias, postulados, etc. Devemos lembrar o que Schopenhauer já dizia: Toda grande verdade passa por três estágios: Primeiro é ridicularizada, segundo é violentamente combatida e terceiro, é aceita como óbvia.” Até a teoria da relatividade de Einstein foi combatida quando ele a formulou. Lembrar também que a ciência já disse que o Sol girava ao redor da Terra.

Pessoalmente considero a teoria do Design Inteligente muito mais adequada às complexidades dos seres vivos e também do Universo do que a teoria evolucionista e o Big Bang.

Reflitam, pesquisem e tirem sua própria conclusão, lembrando que a mente é como paraquedas, só funciona aberta. rsrs

 

 

( Originalmente postado no Expansão da Consciência )


Em dezembro de 2023, a plataforma de vídeos Rumble anunciou que iria desativar seu funcionamento no Brasil. A decisão foi tomada por discordâncias com as exigências da Juristocracia brasileira.
Fure o bloqueio da ditadura brasileira e assista ao vídeo por meio de VPN GRÁTIS
Como usar o Proton VPN Grátis: Em celular, em PC.

Disclaimer: Este site apresenta notícias, opiniões e vídeos de diversas fontes. As opiniões expressas nos artigos são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não refletem necessariamente as opiniões do site ou de seus editores.  
 
O site não se responsabiliza pela precisão ou veracidade das informações contidas nos artigos. É responsabilidade do leitor avaliar criticamente as informações apresentadas e consultar outras fontes para verificar sua precisão.  
 
O site pode conter links para sites externos. O site não endossa ou se responsabiliza pelo conteúdo desses sites externos.  
 
Ao utilizar este site, você concorda com os termos deste Disclaimer. Se você não concordar com estes termos, por favor, não utilize este site. Saiba mais sobre o BB-Blogueiros do Brasil CLICANDO AQUI.
   

Deixe um comentário